Secura ocular

Secura ocular

Olho seco é quando a lágrima produzida é insuficiente ou então não tem qualidade para que se forme um filme lacrimal que lubrifique a superfície ocular. Na maioria das vezes, esta condição manifesta-se nos dois olhos e pode ser algo esporádico ou crónico (Síndrome do Olho seco). 

Existem diversos fatores que podem induzir a secura ocular. Excesso de exposição solar, poluição, vento ou ambientes com ar condicionado, são algumas das causas. Outro dos fatores que perturba a hidratação dos nossos olhos é a exposição excessiva a ecrãs: televisão, tablet, computador, telemóvel, etc). Quando estamos em frente a estes equipamentos, a frequência com que pestanejamos diminui e a lubrificação ocular fica comprometida. 

Relativamente à Síndrome do olho seco, esta dá-se quando a quantidade da lágrima é insuficiente ou a sua qualidade não permite lubrificar o olho de forma eficaz. As causas podem ser várias: menopausa, envelhecimento, uso de lentes de contacto, toma de determinados medicamentos (diuréticos, anti-histamínicos, benzodiazepinas, antidepressivos, analgésicos, contracetivos orais). Pode afetar os dois sexos, embora seja mais frequente no sexo feminino e não tem cura. Existem sim formas de melhorar a qualidade de vida do paciente com Síndrome do Olho seco. É o caso das lágrimas artificiais, que têm como objetivo aliviar os sintomas do olho seco, que em casos mais graves além de causar olhos vermelhos e irritados, pode ainda provocar dor e visão turva.  

Seleccione um ponto de entrega