Acomodação

Acomodação

Acomodação

No mecanismo da adomodação o cristalino é responsável pela focagem da imagem de forma que esta fique nítida na retina. Ao relaxar e estimular a acomodação o cristalino humano consegue manter uma imagem focada a diversas distâncias. 

 

Disfunção acomodativa

As disfunções acomodativas consistem na forma inadequada de funcionamento do sistema de focagem, devido a não conseguir manter-se perante os requisitos visuais exigentes, traumas e/ou acidentes. São mais frequentes em crianças, adolescentes e jovens adultos. 

 

Tipos de disfunções acomodativas:

Insuficiência acomodativa – o individuo apresenta dificuldade para estimular a acomodação, resultando assim numa dificuldade em manter o foco na visão de perto por um longo período. Esta é a anomalia mais comum.

Fadiga acomodativa ou acomodação mal sustentada – Muito semelhante a insuficiência acomodativa, ocorre quando a amplitude de acomodação não se consegue manter no valor normal enquanto se faz um uso excessivo de visão de perto durante um longo período. 

Inflexibilidade acomodativa – caraterizada pela dificuldade que o paciente tem em alterar a resposta acomodativa, ou seja, relaxar e estimular a acomodação, sendo a principal queixa a alteração da fixação longe-perto e perto-longe.

Excesso acomodativo – o paciente tem dificuldades a relaxar a acomodação provocando assim sintomas maioritariamente ao perto. 

Paralisia acomodativa – esta é uma condição rara. Trata-se de uma paralisia do sistema acomodativo quando este tenta responder a um certo estímulo, pode ser derivada de um trauma, podendo ser unilateral ou bilateral. 

 

Sintomas para cada disfunção acomodativa:

Insuficiência acomodativa – os sintomas mais comuns são visão desfocada, diplopia (ver duas imagens), dores de cabeça, fadiga ocular, dificuldade a focar ao perto. Pessoas com esta disfunção tem mais dificuldades de concentração. 

Fadiga acomodativa – os sintomas principais são visão desfocada em tarefas de perto sentindo desconforto ao realizar as mesmas, fadiga associada a visão de perto e dificuldade de concentração. 

Inflexibilidade acomodativa – sintomatologia principal visão desfocada ao longe, dores de cabeça, astenopia associada a tarefas de perto (cansaço), tensão ocular, fadiga, sonolência e perda de concentração.

Excesso acomodativo – provoca sintomas como fadiga ocular, dores de cabeça apos algum tempo de leitura, visão desfocada mais acentuada no final do dia, fotofobia (sensibilidade à luz), diplopia e dificuldades de concentração.

Paralisia acomodativa – visão desfocada.

 

Tratamento:

Insuficiência acomodativa – recomenda-se primeiramente a correção do erro refrativo da pessoa, de seguida se os sintomas continuarem, recomendação a adição de lentes positivas ou recurso a terapia visual.

Inflexibilidade acomodativa – primeiro passo é compensar o erro refrativo da pessoa e depois a terapia visual.  

Excesso acomodativo – o melhor tratamento para esta condição é a terapia visual. 

 

Tenho queixas semelhantes e agora?

Na Central Ópticas conseguimos diagnosticar estas disfunções e ajudá-lo com o melhor tratamento para o seu caso. Marque uma consulta e junto aos nossos especialistas de visão exponha o seu problema, iremos trabalhar sempre para a sua melhor solução.